jusbrasil.com.br
9 de Abril de 2020

Entenda como funciona o processo de recuperação de crédito tributário

Paloma Ramos, Relações Públicas
Publicado por Paloma Ramos
há 2 meses

Crédito tributário é o nome dado ao valor que é pago pelo sujeito passivo de uma obrigação tributária ao sujeito ativo da obrigação tributária.

O sujeito passivo corresponde à empresa enquanto o sujeito ativo, aquele que recebe o crédito corresponde à União, ao Estado, ao Município ou ao Distrito Federal.

A obrigação tributária, por sua vez, corresponde ao pagamento de tributos — impostos, taxas e contribuições de origem federal, estadual e municipal.

A recuperação de crédito tributário é uma atividade que envolve o levantamento e o resgate dos créditos tributários que foram acumulados pela empresa no decorrer dos anos. É um direito assegurado pela legislação, e as empresa devem ficar atentas a todas as possibilidades.

É necessário realizar um estudo e um levantamento de dados apurados para que seja possível identificar se houve realmente pagamento indevido ou a maior .

Quando se encontra pagamentos a maior, é possível fazer a recuperação de crédito tributário por via administrativa ou judicial depende do credito encontrado, mais os juros devidos de acordo com a taxa referencial da SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia).

Todo crédito recuperado pode ser usado para compensar outros tributos da Receita Federal, excetuando-se as contribuições previdenciárias nos casos de retificação do demonstrativo com informações erradas.

Antes de formalizar a solicitação de recuperação de crédito tributário, é preciso fazer uma revisão tributária, realizando o cruzamento das informações e consultando a jurisprudência, assim a empresa pode apresentar o Pedido Eletrônico de Restituição, Ressarcimento ou Reembolso e a Declaração de Compensação (PER/DCOMP).

Em determinados casos, a empresa poderá entrar com ação judicial para que a Receita Federal acelere a resolução da demanda, analisando imediatamente o processo.

A prescrição dos créditos tributários acontece ao final de 5 anos. A contagem tem início a partir da data em que o crédito tributário foi lançado, ou seja, a partir de sua constituição definitiva é fundamental que o crédito seja usado de forma efetiva ou solicitado dentro do prazo de 5 anos.

Contato: paloma.consultor@gmail.com

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)